O meu Hitachi

                                                                      

 

   O famoso HITACHI, companheiro de muitas horas de solidão, com as marcas de uma campanha (62/64) e do peso da idade.

   A despeito das facilidades que o posto de rádio me concedia na escuta de múltiplas estações de rádio, na intimidade da camarata, com ele escutava a Rádio Eclésia e, com o auscultador, Rádio Moscovo, Rádio Argel e Brazaville eram passados a pente fino.

   Não raras vezes sabia assim por antecipação, baixas nas NT que os Sitrep tardavam em reportar.

   Mas por ele passavam também alguns bons momentos de descontração.

 

                                                                                     

 

                                O meu Hitachi em" trajo de combate"

 

 

J. Eduardo Tendeiro

CCE 306

publicado por gatobranco às 19:45 | link do post | comentar