O FIM DO PESADELO

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Esta fotografia, datada de 22 de Junho de 1964, não precisa de qualquer título.
A alegria patente nos rostos de cada um evidencia o final de um tormento, o fim de uma época negra na vida de todos nós. Até mesmo os militares de carreira não escapam a esta alegria envolvente.
Para trás deste dia ficam canseiras, medos, amargas vitórias, privações, que sofridas com amargura e raiva são cimento de uma amizade indelével que nos une e, quando nos encontramos espelha de novo em cada um de nós um sorriso de alegria e prazer.
Longe ficaram bons Amigos que, generosamente deram o seu sangue em vão, por uma causa perdida.
Não estão na fotografia, mas estavam tão presentes como hoje ainda o estão.
Em cada momento, em cada reunião, qualquer um de nós se encarrega de, por eles, dizer PRESENTE.
 
J. Eduardo Tendeiro
publicado por gatobranco às 11:31 | link do post | comentar | ver comentários (4)