ATÉ SEMPRE, CURA DOS SANTOS

 

              

ACS.png

 

            

Deixaste-nos e com a tua ausência ficamos mais pobres.Mas não abalaste sem luta, como sempre fizeste.

 Quantas vezes, com um meio sorriso, enfrentaste a morte naquelas viagens  das colunas de reabastecimento trilhando picadas minadas, sempre com uma palavra de conforto para os mais temerosos!

Nas nossas reuniões, mesmo quando a saúde já não era a melhor, em ti buscávamos a alegria de uma confraternização e contavas um pequeno episódio que superava a tristeza de amigos já em falta.

Lá longe, nos tempos de Pangala, nos nossos momentos de reflexão, quando dúvidas nos assaltavam, lá estava o teu sorriso a garantir que “tudo vai correr bem.”

Deixaste-nos, mas fica a saudade imensa da tua presença, de ti.

Descansa em paz aguardando por nós.

1AGO19

publicado por gatobranco às 11:59 | link do post | comentar